Notice: Undefined index: action in /home/geoambientalenge/public_html/wp-content/themes/Divi/functions.php on line 2
Serviços | Geoambiental

SERVIÇOS

avaliação de áreas
contaminadas

 

CADASTRO AMBIENTAL RURAL

consultoria
ambiental
industrial

diaGNÓSTICO AMBIENTAL para empreendimento imobiliário

gestão de
resíduos

avaliação de áreas
contaminadas

 

CADASTRO AMBIENTAL RURAL

consultoria
ambiental
industrial

diaGNÓSTICO AMBIENTAL para empreendimento imobiliário

gestão de
resíduos

IPTU
ECOLÓGICO

LEVANTAMENTO DE FLORA OU INVENTÁRIO FLORÍSTICo

levantamento
topográfico

LICENCIAMENTO AMBIENTAL

LICENCIAMENTO ARQUEOLÓGICO (IPHAN)

mapeamento
aéreo

PROSPECÇÃO DE ÁREAS PARA SETOR ELÉTRICO

IPTU
ECOLÓGICO

LEVANTAMENTO
DE FLORA OU INVENTÁRIO FLORÍSTICo

levantamento
topográfico

LICENCIAMENTO AMBIENTAL

LICENCIAMENTO ARQUEOLÓGICO (IPHAN)

OUTORGA

reflorestamento

REGULARIZAÇÃO
DE AUTO DE
INFRAÇÃO AMBIENTAL

 

tratamento de
efluentes

treinamentos
e cursos

projeto
arquitetônico

mapeamento
aéreo

PROSPECÇÃO DE ÁREAS PARA SETOR ELÉTRICO

OUTORGA

reflorestamento

REGULARIZAÇÃO
DE AUTO DE
INFRAÇÃO AMBIENTAL

 

projeto
estrutural

tratamento de
efluentes

treinamentos
e cursos

projeto
arquitetônico

projeto
estrutural

AVALIAÇÃO DE ÁREAS CONTAMINADAS

AVALIAÇÃO DE ÁREAS CONTAMINADAS

Avaliação Ambiental permite que seja verificada possíveis contaminações no sistema solo-água e o processo de avaliação contempla um conjunto de medidas e tomadas de decisão das quais buscam reduzir os riscos ao meio ambiente e aos seres vivos.

Desta forma, busca-se verificar por meio de pesquisas, entrevistas, vistorias, coletas de amostras, análises laboratoriais e interpretação dos resultados obtidos para elaborar um modelo conceitual e avaliação de possíveis riscos existentes. Isto posto avaliará se determinada área está apta ou não para o uso do solo pretendido, atendendo todas as normas de segurança aos usuários.

Existem 3 (três) etapas para o processo de avaliação ambiental, sendo:

  1. Avaliação Preliminar

A etapa de Avaliação Preliminar tem como objetivo caracterizar as atividades desenvolvidas e em desenvolvimento na área sob avaliação, identificar as áreas fonte e as fontes potenciais de contaminação (ou mesmo fontes primárias de contaminação) e constatar evidências, indícios ou fatos que permitam suspeitar da existência de contaminação, embasando sua classificação como Área Suspeita de Contaminação (AS) e orientando a execução das demais etapas do processo de Gerenciamento de Áreas Contaminadas.

Para a execução da etapa de Avaliação Preliminar o Responsável Legal deverá designar Responsável Técnico que deverá executar as seguintes atividades:

  • Levantamento da documentação existente sobre a área, notadamente aquela disponível na própria empresa, nos processos administrativos da CETESB e na Prefeitura Municipal;
  • Levantamento de dados e informações relativos ao histórico da ocupação da área e das atividades nela desenvolvidas, considerando os usos pregressos;
  • Levantamento do uso de água subterrânea, com a localização dos poços de abastecimento de água, com base nas informações disponibilizadas pela empresa e pelo DAEE, considerando um raio de 500m a partir dos limites da área objeto da Avaliação Preliminar;
  • Levantamento aerofotogramétrico temporal de modo a caracterizar as alterações do uso e ocupação do solo na área e no seu entorno, considerando um raio de 500 m a partir dos limites da área sob avaliação, e levantar evidências relativas à existência de fontes potenciais de contaminação;
  • Levantamento de informações coletadas em inspeções de reconhecimento;
  • Levantamento de informações coletadas em entrevistas com proprietários, funcionários e moradores do entorno;
  • Levantamento da geologia, pedologia e hidrogeologia regionais;
  • Levantamento de dados da geologia e pedologia locais disponíveis na empresa, como aqueles resultantes de investigações geotécnicas;
  • Levantamento de informações sobre eventuais investigações ou etapas do Gerenciamento de Áreas Contaminadas realizadas na área;
  • Elaboração de Modelo Conceitual Inicial da Área;
  • Elaboração do Plano de Investigação Confirmatória
  1. Investigação Confirmatória

A etapa de Investigação Confirmatória tem como objetivo principal confirmar ou não a existência de contaminação na área em avaliação, por meio da investigação de todas as fontes potenciais e primárias de contaminação identificadas na etapa de Avaliação Preliminar, e como objetivo adicional a obtenção de dados iniciais necessários à caracterização do meio físico.

Estão obrigados à realização desta etapa os Responsáveis Legais pelas áreas nas quais, durante a realização da Avaliação Preliminar, tenham sido identificados indícios ou suspeitas de contaminação (artigo 23 do Decreto nº 59.263/2013), as áreas convocadas ou demandadas pela CETESB e as áreas com potencial de contaminação (AP) enquadradas em pelo menos uma das situações indicadas no artigo 27 do Decreto nº 59.263/2013.

Em todos os casos, a Investigação Confirmatória deverá ser precedida da realização da Avaliação Preliminar, conforme §2º do artigo 26 do Decreto nº 59.263/2013. A Investigação Confirmatória deverá ser executada com base no Plano de Investigação Confirmatória apresentado no Relatório de Avaliação Preliminar, observando o que estabelecem o Manual de Gerenciamento de Áreas Contaminadas e as normas técnicas nacionais e internacionais relacionadas às técnicas de investigação.

  1. Investigação Detalhada e Avaliação de Riscos

A etapa de Investigação Detalhada tem como objetivo caracterizar o meio físico onde se insere a Área Contaminada sob Investigação (ACI), determinar as concentrações das substâncias químicas de interesse nos diversos meios avaliados, definir tridimensionalmente os limites das plumas de contaminação, quantificar as massas das substâncias químicas de interesse, considerando as diferentes fases em que se encontram, caracterizar o transporte das substâncias químicas de interesse nas diferentes unidades hidroestratigráficas e sua evolução no tempo e caracterizar os cenários de exposição necessários à realização da etapa de Avaliação de Risco.

AVALIAÇÃO DE ÁREAS CONTAMINADAS

Avaliação Ambiental permite que seja verificada possíveis contaminações no sistema solo-água e o processo de avaliação contempla um conjunto de medidas e tomadas de decisão das quais buscam reduzir os riscos ao meio ambiente e aos seres vivos.

Desta forma, busca-se verificar por meio de pesquisas, entrevistas, vistorias, coletas de amostras, análises laboratoriais e interpretação dos resultados obtidos para elaborar um modelo conceitual e avaliação de possíveis riscos existentes. Isto posto avaliará se determinada área está apta ou não para o uso do solo pretendido, atendendo todas as normas de segurança aos usuários.

Existem 3 (três) etapas para o processo de avaliação ambiental, sendo:

  1. Avaliação Preliminar

A etapa de Avaliação Preliminar tem como objetivo caracterizar as atividades desenvolvidas e em desenvolvimento na área sob avaliação, identificar as áreas fonte e as fontes potenciais de contaminação (ou mesmo fontes primárias de contaminação) e constatar evidências, indícios ou fatos que permitam suspeitar da existência de contaminação, embasando sua classificação como Área Suspeita de Contaminação (AS) e orientando a execução das demais etapas do processo de Gerenciamento de Áreas Contaminadas.

Para a execução da etapa de Avaliação Preliminar o Responsável Legal deverá designar Responsável Técnico que deverá executar as seguintes atividades:

  • Levantamento da documentação existente sobre a área, notadamente aquela disponível na própria empresa, nos processos administrativos da CETESB e na Prefeitura Municipal;
  • Levantamento de dados e informações relativos ao histórico da ocupação da área e das atividades nela desenvolvidas, considerando os usos pregressos;
  • Levantamento do uso de água subterrânea, com a localização dos poços de abastecimento de água, com base nas informações disponibilizadas pela empresa e pelo DAEE, considerando um raio de 500m a partir dos limites da área objeto da Avaliação Preliminar;
  • Levantamento aerofotogramétrico temporal de modo a caracterizar as alterações do uso e ocupação do solo na área e no seu entorno, considerando um raio de 500 m a partir dos limites da área sob avaliação, e levantar evidências relativas à existência de fontes potenciais de contaminação;
  • Levantamento de informações coletadas em inspeções de reconhecimento;
  • Levantamento de informações coletadas em entrevistas com proprietários, funcionários e moradores do entorno;
  • Levantamento da geologia, pedologia e hidrogeologia regionais;
  • Levantamento de dados da geologia e pedologia locais disponíveis na empresa, como aqueles resultantes de investigações geotécnicas;
  • Levantamento de informações sobre eventuais investigações ou etapas do Gerenciamento de Áreas Contaminadas realizadas na área;
  • Elaboração de Modelo Conceitual Inicial da Área;
  • Elaboração do Plano de Investigação Confirmatória
  1. Investigação Confirmatória

A etapa de Investigação Confirmatória tem como objetivo principal confirmar ou não a existência de contaminação na área em avaliação, por meio da investigação de todas as fontes potenciais e primárias de contaminação identificadas na etapa de Avaliação Preliminar, e como objetivo adicional a obtenção de dados iniciais necessários à caracterização do meio físico.

Estão obrigados à realização desta etapa os Responsáveis Legais pelas áreas nas quais, durante a realização da Avaliação Preliminar, tenham sido identificados indícios ou suspeitas de contaminação (artigo 23 do Decreto nº 59.263/2013), as áreas convocadas ou demandadas pela CETESB e as áreas com potencial de contaminação (AP) enquadradas em pelo menos uma das situações indicadas no artigo 27 do Decreto nº 59.263/2013.

Em todos os casos, a Investigação Confirmatória deverá ser precedida da realização da Avaliação Preliminar, conforme §2º do artigo 26 do Decreto nº 59.263/2013. A Investigação Confirmatória deverá ser executada com base no Plano de Investigação Confirmatória apresentado no Relatório de Avaliação Preliminar, observando o que estabelecem o Manual de Gerenciamento de Áreas Contaminadas e as normas técnicas nacionais e internacionais relacionadas às técnicas de investigação.

  1. Investigação Detalhada e Avaliação de Riscos

A etapa de Investigação Detalhada tem como objetivo caracterizar o meio físico onde se insere a Área Contaminada sob Investigação (ACI), determinar as concentrações das substâncias químicas de interesse nos diversos meios avaliados, definir tridimensionalmente os limites das plumas de contaminação, quantificar as massas das substâncias químicas de interesse, considerando as diferentes fases em que se encontram, caracterizar o transporte das substâncias químicas de interesse nas diferentes unidades hidroestratigráficas e sua evolução no tempo e caracterizar os cenários de exposição necessários à realização da etapa de Avaliação de Risco.

CADASTRO AMBIENTAL RURAL – CAR

CADASTRO AMBIENTAL RURAL – CAR

O CAR (Cadastro Ambiental Rural) é um registro eletrônico de âmbito nacional, obrigatório para todos os imóveis rurais (Lei nº 12.651/2012). Com a finalidade de reconhecer e integrar as informações ambientais das propriedades e posses rurais, possibilitando o controle por meio de bases de dados, monitoramento, planejamento ambiental e econômico e combate ao desmatamento da área, além de ser requisito para programas, benefícios e autorizações especiais do governo.

Cadastro Ambiental Rural (CAR) é um procedimento obrigatório para todos os imóveis rurais, públicos ou privados, a fim de garantir sua regularização e permitir o acesso do produtor ao crédito rural.

Ao fazer o Cadastro Ambiental Rural (CAR), o produtor rural garante uma série de benefícios, tais como: acesso ao crédito agrícola, acesso à linhas de financiamento, isenção de impostos para insumos e equipamentos, apoio do poder público com subprogramas de assistência técnica e extensão rural.

A Geoambiental Engenharia possui conhecimento técnico, experiência e equipe qualificada para oferecer o Cadastro Ambiental Rural com a qualidade e a confiança que você merece.

Baseando-se nestes princípios, atuamos em:

  • Inserção da Propriedade Rural no Cadastro Ambiental Rural (CAR);
  • Regularização do Cadastro Ambiental Rural (CAR) conforme exigência da Secretaria de Meio Ambiente Estadual;
  • Retificação do Cadastro Ambiental Rural (CAR) para que fique de acordo com a legislação ambiental e florestal;
  • Alteração de Informações Cadastrais (Nome da Propriedade, Nome do Proprietário, Matrícula, etc.);
  • Assessoria Técnica para comercialização de Cotas de Reserva Ambiental (CRAs).

CONSULTORIA AMBIENTAL INDUSTRIAL

CONSULTORIA AMBIENTAL INDUSTRIAL

A Geoambiental Engenharia é uma empresa líder no setor de consultoria ambiental, focada no gerenciamento de riscos, atuando com qualidade, visão ambiental sistêmica e agilidade. Por meio da aplicação das melhores práticas de gestão e tecnologias, auxiliamos nossos clientes a manterem seus negócios em conformidade com os regulamentos ambientais aplicáveis.

Parte de nossa atuação no segmento de consultoria ambiental é encontrar soluções inovadoras, com foco nas necessidades do cliente, apresentando estratégias racionais, sustentáveis, que promovem, além da satisfação do cliente, a redução de custos.

Contamos com uma equipe diversificada, experiente, qualificada e, também, com parceiros para resolver qualquer demanda na área ambiental.

​​Servimos uma vasta gama de clientes, e cada relacionamento com clientes é muito valorizado.

Serviços inclusos na consultoria ambiental da Geoambiental Engenharia:

  • Licenciamento Ambiental;
  • Gestão Ambiental;
  • Outorga de Uso de Recursos Hídricos (Outorga prévia e Outorga de direito);
  • Assessoria Jurídica Ambiental;
  • Gerenciamento de Resíduos Sólidos;
  • Gerenciamento de Áreas Contaminadas;
  • Projeto de Compostagem;
  • Projeto de Drenagem de Águas Pluviais;
  • Geoprocessamento;
  • Dimensionamento e Acompanhamento do Projeto de Sistema de Tratamento de Efluente;
  • Elaboração de Plano de Melhoria para Estação de Tratamento de Efluente;
  • Programa de Monitoramento da Estação de Tratamento de Efluente;
  • Implantação de Sistema de Tratamento de Água para Solução Alternativa Coletiva;
  • Análises Laboratoriais da Qualidade Físico-químico e Bacteriológica da Água;

DIAGNÓSTICO AMBIENTAL
PARA EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS

DIAGNÓSTICO AMBIENTAL
PARA EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS

A elaboração do Diagnóstico Ambiental é uma importante etapa no desenvolvimento de novos projetos e empreendimentos imobiliários, por possibilitar que sua implementação seja realizada em acordo com os requisitos e legislação ambiental incidente, seja ela municipal, estadual ou federal.

Neste contexto, a elaboração do Diagnóstico Ambiental consiste em uma identificação sistemática de todos os fatores ambientais (geologia, geomorfologia, hidrografia, fauna e flora) relacionados com as atividades a serem desenvolvidas no processo de implantação do Empreendimento Imobiliário.

O Diagnóstico Ambiental para implantação de Empreendimentos Imobiliários não é um instrumento de decisão, mas sim, de fornecimento de subsídios para o processo de tomada de decisão. Seu propósito é suprir informações por meio do exame sistemático da área ou região de implantação do Empreendimento.

Baseando-se nestes princípios, atuamos em:

  • Elaboração de Laudos Ambientais com a indicação das restrições para utilização das áreas;
  • Consulta e Levantamento da Legislação Ambiental incidente ao Empreendimento Imobiliário;
  • Elaboração de Mapas Temáticos com a indicação aproximada das Áreas de Preservação Permanente (APP’s) e Áreas Úteis.

GESTÃO DE RESÍDUOS

gestão de resíduos

A gestão de resíduos é realizada através do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS), constituído de um documento técnico que identifica a tipologia e a quantidade de geração de cada tipo de resíduo e indica as formas ambientalmente corretas para o manejo.

Conforme a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/2010), a elaboração do PGRS é obrigatória a todos os geradores de resíduos sólidos, os quais são inteiramente responsáveis pela gestão de seus resíduos. Os estabelecimentos obrigados a elaborar o PGRS são:

  • Geradores de Resíduos de Serviços Públicos de Saneamento Básico;
  • Geradores de Resíduos Industriais;
  • Geradores de Resíduos de Serviços de Saúde;
  • Geradores de Resíduos de Mineração;
  • Estabelecimentos Comerciais e Prestação de Serviços que gerem resíduos perigosos ou que sejam definidos como de responsabilidade privada por sua natureza, composição ou volume;
  • Empresas da Construção Civil;
  • Terminais ou outras instalações de serviços de transporte;
  • Atividades agrossilvopastoris conforme exigência do órgão ambiental ou de vigilância sanitária.

Durante a elaboração do plano a Geoambiental Engenharia considera:

  • Avaliação da situação corrente da gestão de resíduos;
  • Levantamento dos insumos utilizados na operação;
  • Identificação dos pontos de geração de resíduos;
  • Classificação dos resíduos;
  • Separação;
  • Manejo dos resíduos;
  • Destinação Interna;
  • Acondicionamento Temporário;
  • Transporte Externo;
  • Destinação Final dos Resíduos;

IPTU ECOLÓGICO

IPTU ECOLÓGICO

A Geoambiental Engenharia é pioneira na assessoria para obtenção de desconto no IPTU de imóveis residenciais na cidade de Presidente Prudente. Realizamos todo o processo conforme a Lei 8875/2015 para a obtenção de descontos no IPTU do imóvel. Os descontos são vitalícios e podem chegar até 20% a depender dos dispositivos de sustentabilidade existentes no imóvel. Os descontos são:

  • Aquecedor solar hidráulico: 3,0 % de desconto no IPTU;
  • Aproveitamento de luz e ventilação natural: 3,0 % de desconto no IPTU;
  • Construção com material sustentável (40 a 60% da obra): 5,0 % de desconto no IPTU;
  • Cisterna: 7,0 % de desconto no IPTU;
  • Construção com material sustentável (61 a 80% da obra): 7,0 % de desconto no IPTU;
  • Construção com material sustentável (91 a 100% da obra): 11,0 % de desconto no IPTU;
  • Energia Fotovoltaica: 11,0 % de desconto no IPTU;

LEVANTAMENTO DE FLORA OU
INVENTÁRIO FLORÍSTICO

LEVANTAMENTO DE FLORA OU
INVENTÁRIO FLORÍSTICO

O levantamento de flora ou inventário florístico é um estudo técnico que visa identificar as espécies da flora ocorrentes em uma área específica, e apresentar a caracterização e o estado de conservação da vegetação.

  • O inventário florístico promove um levantamento detalhado de todas as espécies identificadas, bem como as informações sobre o volume de madeira existente, altura do espécime arbóreo, diâmetro à altura do peito (DAP), nome científico e popular, e a localização do indivíduo arbóreo através de coordenadas geográficas.

    O levantamento pode ser realizado de duas formas distintas, sendo uma por meio de amostragens que tenham representatividade em relação a área total estudada, e outra por meio do levantamento individual dos espécimes que compõem a área total.

    Ambos fornecem um importante diagnóstico para a avaliação de impacto sobre a flora e sobre o meio biótico, bem como subsidiam a emissão de autorização para supressão de vegetação.

    Baseando-se nestes princípios, atuamos em:

    • Autorização para Intervenção em Áreas de Preservação Permanente (APP);
    • Autorização para Supressão de Vegetação Nativa;
    • Autorização para Corte de Árvores Isoladas;
    • Autorização Florestal em ambiente SINAFLOR.

LEVANTAMENTO TOPOGRÁFICO E
REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

LEVANTAMENTO TOPOGRÁFICO E
REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

A Geoambiental Engenharia oferece serviços de topografia, no qual consiste na representação altimétrica e / ou planimétrica em carta ou planta dos pontos notáveis, assim como dos acidentes geográficos e de outros detalhes de relevo de uma dada porção territorial. Por ser a base de todos os projetos de infraestrutura e de edificações, nossa empresa trabalha com equipamentos de última geração, como estações totais, níveis eletrônicos, GPS RTK e drones.

  • A regularização fundiária é o processo de intervenção pública cuja finalidade é a de dar legalidade a terrenos irregulares. A Geoambiental Engenharia oferece todo o acompanhamento e suporte necessário para a regularização do seu terreno. A seguir serão listados os serviços de topografia mais contratados em nossa empresa:

    • Linhas de Transmissão (levantamentos, locações e projetos de implantação de traçado);
    • Georreferenciamento de imóveis rurais;
    • Levantamentos planimétricos e planialtimétricos de áreas urbanas e rurais;
    • Levantamentos topobatimétricos de lagoas, lagos, rios e reservatórios;
    • Locação e fiscalização de obras de infraestrutura e edificações;
    • As-built de obras de infraestrutura e edificações;
    • Levantamento topográfico para perícias técnicas e judiciais;
    • Levantamento topográfico para usucapião e regularização fundiária;
    • Acompanhamento de regularização fundiária.
    • Aerofotogrametria com a utilização de Drones
    • Confecção de Mapas Temáticos
    • Análise, conferência e validação de trabalhos topográficos já executados
    • Assistência Técnica em Processos Judiciais
    • Regularização Fundiária
    • Elaboração e Acompanhamento de Processo de Desmembramento junto ao INCRA para áreas rurais inferiores a 20.000 m² (2 hectares)
    • Planta Urbanística Ambiental

LICENCIAMENTO AMBIENTAL

LICENCIAMENTO AMBIENTAL

O Licenciamento Ambiental, instituído pela Política Nacional do Meio Ambiente Lei nº 6.938/1981, é um instrumento de prevenção e fiscalização de atividades efetivas ou potencialmente poluidoras. Representando uma obrigação, a ausência de uma Licença configura irregularidade passível de multa e penalidade ao empreendimento.

O Licenciamento Ambiental é uma obrigação legal de extrema importância para que o poder público possa exercer o controle sobre determinadas atividades com potencial para interferir nas condições ambientais e em sua qualidade. Esta ferramenta também permite ao empreendedor identificar os efeitos ambientais ocasionados pela sua atividade ou empreendimento e a forma que esses efeitos podem ser gerenciados, buscando conciliar o desenvolvimento econômico com o uso sustentável dos recursos naturais.

Existem três tipos de licença (Licença Prévia, Licença de Instalação e Licença de Operação) que atuam desde o planejamento até a execução da atividade regulada.

LICENÇA PRÉVIA (LP)

Concedida na fase preliminar do planejamento ou atividade, atesta a viabilidade ambiental e estabelece os requisitos básicos para as próximas fases.

LICENÇA DE INSTALAÇÃO (LI)

Concessão que autoriza o início da construção do empreendimento e a instalação dos equipamentos.

LICENÇA DE OPERAÇÃO (LO)

Autoriza a operação da atividade ou empreendimento, esta deve ser requerida após a verificação do efetivo cumprimento das licenças anteriores, junto a medidas de controle ambiental e condicionantes determinados para operação.

Baseando-se nestes princípios, atuamos em:

    • Estudo de Viabilidade Ambiental (EVA);
    • Relatório Ambiental Preliminar (RAP)
    • Estudo Ambiental Simplificado (EAS)
    • Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto ao Meio Ambiente (EIA/RIMA)
    • Estudo e Relatório de Impacto de Vizinhança (EIV/RIV)
    • Plano Básico Ambiental (PBA)
    • Plano de Controle Ambiental (PCA)
    • Programa de Educação Ambiental (PEA)
    • Plano de Recuperação de Área Degradada (PRAD)
    • Gestão das Condicionantes de Licenças
    • Acompanhamento e Gestão de Processos de Licenciamento junto aos Órgãos Ambientais
    • Plano de Desativação ou Desmobilização do Empreendimento
    • Gerenciamento de Áreas Contaminadas, incluindo a elaboração de Relatório de Avaliação Preliminar, Relatório de Investigação Confirmatória e Relatório de Investigação Detalhada
    • Regularização de Auto de Infração Ambiental ou Boletim de Ocorrência Ambiental

LICENCIAMENTO ARQUEOLÓGICO (IPHAN)

LICENCIAMENTO ARQUEOLÓGICO (IPHAN)

A Geoambiental Engenharia realiza o atendimento especializado em processos ambientais que exijam licenciamento arqueológico, sendo essas ações solicitadas quando a arqueologia é requerida em processos ambientais para empreendimentos diversos, distribuídos em território nacional, e assim cumprindo com os “Termos de Referência” elaborados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

  • Realizamos o estudo de patrimônio material e imaterial visando avaliar e proteger os bens culturais valorados ou registrados, em conformidade com a legislação vigente no país. arqueologia

    Atualmente o processo de licenciamento ambiental pressupõe estudos arqueológicos submetidos ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), com base na Instrução Normativa nº 01, de 26 de março de 2015.

    Baseando-se nestes princípios, atuamos em:

    • Preenchimento e Acompanhamento da Ficha de Cadastro de Atividade (FCA);
    • Execução de Projeto de Avaliação de Impacto ao Patrimônio Arqueológico (PAIPA);
    • Execução de Relatório de Avaliação de Impacto ao Patrimônio Arqueológico (RAIPA);
    • Execução Relatório de Avaliação de Impacto ao Patrimônio Imaterial (RAIPI).

MAPEAMENTO AÉREO

MAPEAMENTO AÉREO

O mapeamento aéreo com drones é uma atividade que visa coletar informações dos terrenos. Sendo assim, pode-se dizer que é um serviço bastante requisitado pela área da engenharia nas fases de planejamento, execução de projetos e acompanhamento de obras. Nesse cenário, os ramos que mais se destacam são: arquitetura, mineração, óleo e gás, meio ambiente, construção civil e agricultura.

Os benefícios do mapeamento aéreo são:

1- Alta produtividade

O mapeamento aéreo realizado por aeronaves remotamente controladas (drones) é muito mais produtivo. Isso se deve ao fato de que esses veículos não tripulados conseguem mapear uma área específica de forma mais rápida e exata.

2- Detalhamento

A riqueza de detalhes é um dos principais benefícios do mapeamento aéreo com drones.

Essas aeronaves realizam voos mais baixos que aviões tripulados, gerando imagens perfeitas que alcançam até 1 cm de detalhamento do solo. Com os drones, é possível mapear uma extensa área de mais de 4.000 hectares com alto índice de detalhamento em um único voo.

3- Redução de custos

Os drones são controlados por um único piloto no solo. Dessa forma, não é necessário despender grandes custos para manter uma equipe formada por vários trabalhadores em campo. Logo, um dos benefícios do mapeamento aéreo com drones é a redução de gastos referentes à mão de obra.

4- Agilidade

O mapeamento aéreo realizado por fotogrametria é muito mais rápido do que aquele feito por topografia. A exemplo, suponhamos que um serviço seja feito em 2 semanas por meio de instrumentos topográficos, como GPS e estação total. Com os drones, o mesmo serviço é feito em um único dia. Ou seja, os resultados mais ágeis são um dos seus grandes pontos fortes!

5- Voo abaixo das nuvens

Um diferencial único dos drones, que também se apresenta como um dos benefícios do mapeamento aéreo, é sua capacidade de sobrevoar abaixo das nuvens. Os voos mais baixos permitem uma visualização perfeita do terreno sem a interferência das grandes coberturas de nuvens — o que é um problema comum para satélites e aviões tripulados. É possível mapear com precisão até mesmo áreas úmidas e em diferentes épocas do ano.

6- Diferentes aplicações

Um dos benefícios do mapeamento aéreo com drones é sua versatilidade. Ele pode ser útil em diferentes mercados, se adequando a cada um deles de acordo com a sua necessidade. Por exemplo, no poder público, o serviço pode ser usado para mapear todos os bairros da cidade para levantar informações, como áreas com risco de invasão, cálculo do IPTU e construções recentes.

MAPEAMENTO AÉREO

O mapeamento aéreo com drones é uma atividade que visa coletar informações dos terrenos. Sendo assim, pode-se dizer que é um serviço bastante requisitado pela área da engenharia nas fases de planejamento, execução de projetos e acompanhamento de obras. Nesse cenário, os ramos que mais se destacam são: arquitetura, mineração, óleo e gás, meio ambiente, construção civil e agricultura.

Os benefícios do mapeamento aéreo são:

1- Alta produtividade

O mapeamento aéreo realizado por aeronaves remotamente controladas (drones) é muito mais produtivo. Isso se deve ao fato de que esses veículos não tripulados conseguem mapear uma área específica de forma mais rápida e exata.

2- Detalhamento

A riqueza de detalhes é um dos principais benefícios do mapeamento aéreo com drones.

Essas aeronaves realizam voos mais baixos que aviões tripulados, gerando imagens perfeitas que alcançam até 1 cm de detalhamento do solo. Com os drones, é possível mapear uma extensa área de mais de 4.000 hectares com alto índice de detalhamento em um único voo.

3- Redução de custos

Os drones são controlados por um único piloto no solo. Dessa forma, não é necessário despender grandes custos para manter uma equipe formada por vários trabalhadores em campo. Logo, um dos benefícios do mapeamento aéreo com drones é a redução de gastos referentes à mão de obra.

4- Agilidade

O mapeamento aéreo realizado por fotogrametria é muito mais rápido do que aquele feito por topografia. A exemplo, suponhamos que um serviço seja feito em 2 semanas por meio de instrumentos topográficos, como GPS e estação total. Com os drones, o mesmo serviço é feito em um único dia. Ou seja, os resultados mais ágeis são um dos seus grandes pontos fortes!

5- Voo abaixo das nuvens

Um diferencial único dos drones, que também se apresenta como um dos benefícios do mapeamento aéreo, é sua capacidade de sobrevoar abaixo das nuvens. Os voos mais baixos permitem uma visualização perfeita do terreno sem a interferência das grandes coberturas de nuvens — o que é um problema comum para satélites e aviões tripulados. É possível mapear com precisão até mesmo áreas úmidas e em diferentes épocas do ano.

6- Diferentes aplicações

Um dos benefícios do mapeamento aéreo com drones é sua versatilidade. Ele pode ser útil em diferentes mercados, se adequando a cada um deles de acordo com a sua necessidade. Por exemplo, no poder público, o serviço pode ser usado para mapear todos os bairros da cidade para levantar informações, como áreas com risco de invasão, cálculo do IPTU e construções recentes.

PROSPECÇÃO DE ÁREAS PARA
SETOR ELÉTRICO

PROSPECÇÃO DE ÁREAS PARA
SETOR ELÉTRICO

A Geoambiental Engenharia é uma empresa que oferece uma prestação de serviço especializado para identificação e prospecção de áreas e terrenos para empreendimentos do Setor Elétrico e de Telecomunicações em todo o território Nacional.

A Identificação e Prospecção dos Imóveis é realizada pelos técnicos da Geoambiental Engenharia através de um estudo criterioso de mercado “in loco”; consultas envolvendo os órgãos públicos estaduais e municipais; consultas a órgãos ambientais; consultas a Departamentos de Estradas e Rodagens e ou Concessionárias para análise prévia de viabilidade de implantação do projeto do cliente no local ou região definida.

Nossa experiência, discrição, expertise, ética e competência técnica para identificar as melhores oportunidades de negócio, têm proporcionado segurança na tomada de decisões e excelentes resultados.

A prospecção de áreas para implantação de empreendimentos do setor elétrico ou de telecomunicações, consiste no conjunto de técnicas relativas à pesquisa, localização precisa e estudo preliminar das características que possam inviabilizar a implantação dos respectivos empreendimentos.

A Geoambiental Engenharia oferece os serviços de Prospecção, Aquisição e Formalização de Contrato de Compra e Venda e consequente escrituração do imóvel em nome do Cliente.

Baseando-se nestes princípios, atuamos em:

  • Elaboração de Laudo Técnico de Avaliação de Imóveis Urbano e Rurais;
  • Relatório Técnico e Fotográfico contendo os dados cadastrais do imóvel e do proprietário, bem como a localização georreferenciada;
  • Realização de Negociações e análises técnico-jurídica das documentações do imóvel, com fornecimento de Relatório Técnico contendo o histórico de negociação realizado;
  • Consulta pública junto ao Cartório de Registro de Imóveis e Prefeitura Municipal;
  • Elaboração de Contrato Particular de Compra e Venda, acompanhamento técnico especializado para formalização da Escritura Pública de Compra e Venda, e realização do processo de Registro da Escritura junto ao Cartório de Registro de Imóveis;
  • Elaboração de Processo de Declaração de Utilidade Pública junto a ANEEL, para fins de desapropriação ou regularização.

OUTORGA DE INTERFERÊNCIA EM
RECURSOS HÍDRICOS

OUTORGA DE INTERFERÊNCIA EM
RECURSOS HÍDRICOS

A Outorga é um dos instrumentos da Política Nacional e Estadual de Recursos Hídricos por meio do qual o Poder Público autoriza o usuário, sob condições preestabelecidas, a utilizar ou realizar interferências hidráulicas nos recursos hídricos necessários à sua atividade, garantindo o direito de acesso a esses recursos, dado que a água é um bem de domínio público.

A outorga para uso de recursos hídricos deve ser solicitada aos órgãos estaduais, quando se tratarem de corpos de água de domínio do Estado, e junto à Agência Nacional de Águas – ANA, quando se tratarem de corpos de água de domínio da União.

No Brasil e no mundo, para o adequado uso dos recursos hídricos, estão previstos na legislação diversos procedimentos para registro e controle. Quando do desenvolvimento dos projetos e dos estudos de engenharia, os limites legais, bem como a sinalização das necessidades de regularização das interferências, obrigatoriamente devem ser considerados. Em conjunto com as normais federais e estaduais, o empreendedor deve desenvolver um sistema próprio de controle para a devida gestão dos recursos hídricos diretamente afetados pelo empreendimento e visando sempre a busca da otimização e do uso sustentável.

A Geoambiental Engenharia tem equipe multidisciplinar e capacitada para elaborar solicitações de outorga para utilização de corpos hídricos, desenvolver estudos de disponibilidade hídrica, de balanço hídrico, e planos de gestão de recursos hídricos para empreendimentos.

Baseando-se nestes princípios, atuamos em:

  • Solicitação ou Regularização de Outorga para captação de Água Superficial ou Subterrânea;
  • Solicitação ou Regularização de Outorga para implantação de Barramentos;
  • Solicitação ou Regularização de Outorga para implantação de Travessias de Cursos D’Água;
  • Solicitação ou Regularização de Outorga para Canalização de Cursos D’Água;
  • Solicitação ou Regularização de Outorga para Lançamento de Efluente em Cursos D’Água;
  • Elaboração de Estudos Hidrológicos para determinação da Vazão Máxima da Bacia Hidrográfica de Contribuição e Cota Máxima de Cheia;
  • Implantação de Sistema de Tratamento de Água para Solução Alternativa Coletiva;
  • Cadastramento do Poço Artesiano (Captação Subterrânea) junto a Vigilância Sanitária Municipal;
  • Análises Laboratoriais da Qualidade Físico-químico e Bacteriológica da Água.

REFLORESTAMENTO

REFLORESTAMENTO

A elaboração de projetos e execução dos serviços de reflorestamento objetiva fazer ou refazer o plantio de árvores nativas em área anteriormente degradadas por ações antrópicas ou naturais. Uma série de diretrizes legais, como as Resoluções SMA nº 07/2017 e SMA nº 32/2014, devem ser obedecidas durante a execução dos serviços florestais, para que esta seja assertiva e legal.

Além de fornecer as mudas florestais, nossa empresa elabora e executa projetos de reflorestamento nativos, com mão-de-obra especializada e manutenção das áreas por um tempo pré-determinado em contrato, ajustados às necessidades de cada espaço onde iremos atuar.

Prezamos sempre pela sobrevivência das florestas plantadas, seguindo à risca as mais atuais orientações técnicas, realizando o monitoramento constante dos serviços executados e garantindo o sucesso do reflorestamento. Com isso, torna-se possível a chegada da fauna que darão continuidade a expansão da área de forma natural e constante.

Nossa preocupação é manter nosso conhecimento atualizado, através de cursos e reciclagem constantes, o que garante aos nossos parceiros a satisfação de saber que sua plantação está sendo realizada com o que há de mais moderno e eficiente no ramo de plantio e reflorestamento.

A Geoambiental Engenharia planeja e executa todas as etapas necessárias para a formação e manutenção de florestas.

Baseando-se nestes princípios, atuamos em:

  • Inserção do Projeto de Reflorestamento em ambiente SARE;
  • Fornecimento de Mudas Florestais Nativas;
  • Prestação de Serviço Especializado para Formação de Florestas (preparo do solo com subsolagem; abertura da linha de plantio; controle de formigas e cupins; adubação do plantio e coberturas; fornecimento de mudas; plantio propriamente dito; manutenção da área plantada; e tratos culturais inerentes para o sucesso do reflorestamento);
  • Execução de Ações para Cumprimento de Termo de Compromisso de Recuperação Ambiental (TCRA) e/ou Termo de Ajustamento de Conduta (TAC);
  • Recuperação de Áreas de Preservação Permanente (APP) e Reservas Legais (RL);
  • Revegetação e/ou Enriquecimento de Fragmentos de Vegetação
  • Elaboração de Relatórios Técnicos da Execução do Plantio, bem como dos Relatórios Técnicos de Monitoramento.

REGULARIZAÇÃO DE AUTOS DE
INFRAÇÃO AMBIENTAL

REGULARIZAÇÃO DE AUTOS DE
INFRAÇÃO AMBIENTAL

O Auto de Infração Ambiental (AIA) é o procedimento administrativo destinado à apuração e correção de toda ação ou omissão que viole as regras jurídicas de uso, gozo, promoção, proteção e recuperação do meio ambiente.

As infrações ambientais estão dispostas no Decreto n° 60.342/2014 e na Resolução SMA n° 48/2014, com base na Lei Federal N° 9.605/2008, regulamentada pelo Decreto N° 6.514/2008.

O Auto de Infração Ambiental é lavrado pela Polícia Militar Ambiental a partir da constatação de qualquer irregularidade e registra todas as informações referentes à infração ambiental identificada. O autuado tomará ciência do AIA: pessoalmente ou por seu representante legal; por carta registrada, com aviso de recebimento (AR); ou por publicação no Diário Oficial do Estado.

É, ainda, no momento da autuação que será agendada uma data para o seu comparecimento do autuado ao Atendimento Ambiental, em local e horário a ser especificado. Caso haja interesse, o autuado tem direito a solicitar vistas e/ou cópia do processo originado da infração ambiental.

A Geoambiental Engenharia disponibiliza profissionais qualificados e competentes para auxiliar o infrator no processo de regularização do AIA junto aos órgãos ambientais competentes e no caso de os danos serem passíveis de recuperação ambiental, auxiliamos no cumprimento das medidas técnicas acordadas em Termo de Compromisso de Recuperação Ambiental (TCRA).

Com o intuito de atender sempre da melhor forma as necessidades de nossos clientes, instituímos na Geoambiental Engenharia um novo conceito para solucionar questões jurídico-ambientais, baseado na atuação conjunta entre os departamentos técnico e jurídico.

Tal atuação é implementada por meio de suporte técnico da nossa equipe multidisciplinar em todas as etapas dos procedimentos jurídicos administrativos, com o intuito de identificar as adversidades e propor as melhores soluções às demandas apresentadas por nossos clientes, dentro dos parâmetros legais.

Baseando-se nestes princípios, atuamos em:

  • Defesas e Recursos Administrativos em Autuações e Embargos dos Órgãos Ambientais;
  • Pareceres Técnicos Ambientais;
  • Assistência Técnica em Processos Judiciais;
  • Assessoria Técnica e Análise em Termos de Ajustamento de Conduta (TAC ou TCRA) junto às Promotorias Públicas e Órgãos Ambientais;
  • Regularização de Auto de Infração Ambiental ou Boletim de Ocorrência Ambiental.

TRATAMENTO DE EFLUENTES

TRATAMENTO DE EFLUENTES

Os efluentes líquidos são resultantes de ações humanas e podem possuir origem industrial ou doméstica, pois trata-se de água envolvida em algum agente poluente, tal como matéria orgânica, compostos químicos e tóxicos.

Os efluentes precisam ser tratados para retornarem aos recursos hídricos, pois se despejados diretamente, o impacto ambiental gerado e os custos para recuperação são enormes. A água contida de resíduos necessita de tratamento, uma vez que foi contaminada por algum processo, e o não tratamento da água implica na poluição dos corpos hídricos.

Neste panorama, a Geoambiental Engenharia possui equipe multidisciplinar capacitada para diagnosticar mediante coleta de amostras para análises laboratoriais dos parâmetros que representam a carga orgânica e a carga tóxica dos efluentes analisados, e assim determinar o tipo de tratamento indicado de acordo com a carga poluidora e a presença de contaminantes.

Baseando-se nestes princípios, atuamos em:

  • Elaboração de Relatório de Caracterização do Efluente Industrial;
  • Estudo de Autodepuração;
  • Dimensionamento e Acompanhamento do Projeto de Sistema de Tratamento de Efluente;
  • Elaboração de Plano de Melhoria para Estação de Tratamento de Efluente;

Programa de Monitoramento da Estação de Tratamento de Efluente.

TREINAMENTOS E CURSOS

TREINAMENTOS E CURSOS

Oferecemos treinamentos in company, palestras, oficinas, cursos e capacitação profissional presencial e on-line para auxiliar os colaboradores de empresas a compreender os interesses e a política ambiental.

PROJETO ARQUITETÔNICO

PROJETO ARQUITETÔNICO

O projeto arquitetônico é a materialização da ideia, do espaço imaginado, é a representação da concepção projetual. Através dele é possível estudar a melhor maneira de atender as necessidades dos usuários e a melhor forma de resolver todos os problemas envolvidos nesse processo. Assim a finalidade do projeto arquitetônico é prever possíveis problemas de execução do projeto proposto e garantindo que a obra saia como planejada.

O projeto arquitetônico é o processo pelo qual uma obra de arquitetura é concebida e também a sua representação final.

  • Projetos Arquitetônicos;
  • Estudo de Viabilidade;
  • Projeto Básico, Legal e Executivo;
  • Projeto de Compatibilização;
  • Projetos Complementares;
    • (Elétrico, Hidrossanitário, Paisagístico, Gesso);
  • Regularizações.

  • Projetos de Interiores
    • Projeto de Mobiliário;
    • Detalhamentos;
    • Projeto de Gesso;
    • Projeto cenográfico;
    • Vitrines e Stands.

  • Projetos Urbanísticos
    • Projetos de Loteamentos;
    • Projetos de Condomínios;
    • Intervenções Urbanas;
    • Praças.

PROJETO ESTRUTURAL

PROJETO ESTRUTURAL

O Projeto estrutural determina os elementos estruturais (fundação, pilares e vigas ou alvenaria estrutural e lajes) que têm como objetivo sustentar a edificação, transmitindo suas cargas acidentais e permanentes ao solo. Através da análise do projeto civil e do estudo das características do solo, é definido o tipo de sistema estrutural mais adequado à obra e que atenda à expectativa do cliente.

A Geoambiental Engenharia desenvolve projetos estruturais em concreto armado, alvenaria estrutural, estrutura metálica e estrutura de madeira. Cada tipo de estrutura requer cálculos específicos para determinar seu dimensionamento, o que deve ser feito seguindo critérios e normas vigentes.

Uma construção executada sem o projeto estrutural pode apresentar pilares e vigas em locais inadequados, ter sua estrutura superdimensionada, o que geraria custo desnecessário, ou ao contrário, ser subdimensionada, o que poderia apresentar problemas futuros como trincas em revestimentos, paredes e tetos ou mesmo seu desabamento, provocando a condenação e desapropriação do imóvel.

Para a elaboração do projeto estrutural a Geoambiental Engenharia segue as seguintes etapas:

  • Visita ao local da obra para análise das características do terreno e vizinhança;
  • Escolha do sistema estrutural;
  • Análise do projeto arquitetônico;
  • Definição das posições e dimensionamento dos elementos estruturais;
  • Cálculo da estrutura;
  • Elaboração do projeto com o detalhamento dos elementos estruturais.

As vantagens de possuir um projeto estrutural são:

  • Segurança da edificação e de seus usuários;
  • Projeto realizado conforme as normas vigentes;
  • Dimensionamento personalizado de acordo com as necessidades do cliente;
  • Posicionamento correto dos elementos estruturais;
  • Prazo reduzido para a execução da obra;
  • Informações para gerar lista detalhada de materiais para orçamento, evitando sobras e desperdício;
  • Redução no custo da obra;
  • Facilidade em eventuais manutenções;
  • Auxílio na instalação do sistema, evitando erros.

Ao contratar os nossos serviços o cliente receberá:

  • Anotação de Responsabilidade Técnica (ART);
  • Projetos em formato eletrônico detalhando o sistema estrutural de acordo com o tipo adotado.
  1. Concreto Armado
  • Locação, fôrmas e armação da fundação;
  • Fôrmas e armação dos pilares e vigas;
  • Fôrmas e armação das lajes (forro e piso);
  1. Alvenaria estrutural
  • Locação, fôrmas e armação da fundação;
  • Projeto de modulação da alvenaria e armações (grautes, canaletas, vergas e contra-vergas);
  • Fôrmas e armação das lajes (forro e piso).
  1. Estrutura Metálica
  • Locação, fôrmas e armação da fundação;
  • Projeto de detalhamento da estrutura metálica;
  • Fôrmas e armação das lajes (forro e piso);
  1. Estrutura de madeira
  • Locação, fôrmas e armação da fundação;
  • Projeto de detalhamento da estrutura de madeira;
  1. Opcionais
  • Conferência da armação do aço “in loco”, antes de cada concretagem;
  • Lista de materiais (para cotação do cliente);
  • Orçamento detalhado do projeto com custo médio do mercado para material e mão de obra.
Conversar
Olá, aqui é o Raphael Marquezi, sou executivo de contas.
Nosso time técnico está disponível para te ajudar, o que você precisa?